Blog: O que rende mais no longo prazo? Renda Fixa ou Bolsa?

13 de janeiro de 2022

A estratégia para o longo prazo deve respeitar o perfil do investidor e sua aptidão em manter sua carteira por muitos anos, analise os caminhos.

Com a recente alta dos juros e com o Ibovespa patinando em torno dos 100 mil pontos, muitos investidores tem aumentado a posição em Renda Fixa, um movimento que podemos considerar natural, principalmente para clientes mais conservadores ou moderados. Se a taxa SELIC deve superar 10% ao ano ao longo de 2022, com inflação projetada em torno de 5%, não deixa de existir, neste caso, uma oportunidade de alocação em investimentos mais conservadores.

Mas e no longo prazo? O que rende mais, a Bolsa ou o CDI? E o que dizer do IMA-B, índice de títulos públicos de inflação?

Através dos dados da Quantum Finance, analisamos a rentabilidade desses índices desde 2004 e observamos que neste período o CDI entregou retorno nominal de 500,40%, superando o Ibovespa, que rendeu 354,22|%, mas perdendo para o IMA-B que subiu 873,07% no período. Esses dados não esgotam a discussão porque o índice Ibovespa tem alta volatilidade e pode voltar a superar o CDI no futuro assim como já ocorreu em outros momentos.

No entanto, se buscarmos ações de empresas sólidas, lucrativas e com longo histórico em Bolsa, ao menos anterior a 2004, poderemos ter algumas agradáveis surpresas. Pois no mesmo período analisado verificamos retornos robustos das ações do Bradesco (BBDC4) - 1.406,50%, da Ambev (AMBV4) - 1167,61%, da Vale (VALE3) - 1156,76%, e do Itaú (ITUB4), que renderam 1.103,20%, valores que superam todos os índices de referência e, principalmente, o Ibovespa.

O racional por trás dessa análise é simples: o Ibovespa é um índice que possui inúmeras empresas, e tem uma qualidade média baixa. Separando as melhores e mais lucrativas empresas, a tendência é que, no longo prazo, o retorno das melhores ações supere o índice. Isso sem precisar comprar ou vender, apenas carregando a posição.

No meio do caminho, a volatilidade pode assustar, as quedas podem gerar desconforto, principalmente em crises e eventos adversos, mas a visão de longo prazo deve prevalecer, sempre respeitando o perfil do investidor e sua aptidão em manter sua carteira por muitos anos.

Uma observação importante: diversas empresas surgiram durante este período e tiveram retornos muito maiores. Outras deixaram de existir e deram prejuízo aos investidores. Cabe ao investidor ter uma carteira consistente e diversificada e aproveitar as oportunidades.

Veja a lista mais ampla, com o retorno de 05/01/2004 a 10/01/2022:

Bradesco (BBDC4) – 1.406,50%
Vale (VALE3) – 1.156,76%
Itaú (ITUB4) – 1.103,20%
Copel (CPLE6) – 1.019,76%
Banco do Brasil (BBAS3) – 986.77%
CSN (CSNA3) – 976,63%
CEMIG (CMIG4) – 874,68%
IMA-B – 873,07%
Gerdau (GGBR4) – 603,57%
CDI – 500,40%
Petrobras (PETR4) – 490,20%
Braskem (BRKM5) – 447,31%
Ibovespa (IBOV) – 354,22%

 

Autor: Lélio Monteiro / Artigo publicado originalmente em A Gazeta (agazeta.com.br) em 13/01/2022.

A Pedra Azul – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº 497/11. A Pedra Azul Agente Autônomo de Investimentos Ltda. atua no mercado financeiro através da XP Investimentos CCTVM S/A, o que pode ser verificado através do site da CVM. > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos ou através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012. > (Agentes Autônomos > Consultas) ou através do site da própria XP Investimentos CCTVM S/A. ( > Encontre um escritório > Selecione abaixo o estado e a cidade que deseja pesquisar > Veja a lista dos agentes autônomos). Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da XP Investimentos no telefone nº 0800-722-3710. Copyright © 2019 Pedra Azul Todos os direitos reservados. Toda comunicação através da rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros.
COPYRIGHT 2021 - PEDRA AZUL AGENTE AUTONOMO DE INVESTIMENTOS LTDA | política de privacidade
Design by: